Clique em "Participar deste site" e fique por dentro de tudo o que rola no blog Sociedade dos Leitores Compulsivos!

Resenha: Quem era ela

Título: Quem era ela
Autor: JP Delaney
Gênero: Suspense
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788551001394
Páginas: 336
Nota: 3,5

Sinopse: 
É preciso responder a uma série de perguntas, passar por um criterioso processo de seleção e se comprometer a seguir inúmeras regras para morar no nº 1 da Folgate Street, uma casa linda e minimalista, obra-prima da arquitetura em Londres. Mas há um preço a se pagar para viver no lugar perfeito. Mesmo em condições tão peculiares, a casa atrai inúmeros interessados, entre eles Jane, uma mulher que, depois de uma terrível perda, busca um ponto de recomeço.Jane é incapaz de resistir aos encantos da casa, mas pouco depois de se mudar descobre a morte trágica da inquilina anterior. Há muitos segredos por trás daquelas paredes claras e imaculadas. Com tantas regras a cumprir, tantos fatos estranhos acontecendo ao seu redor e uma sensação constante de estar sendo observada, o que parecia um ambiente tranquilo na verdade se mostra ameaçador. Enquanto tenta descobrir quem era aquela mulher que habitou o mesmo espaço que o seu, Jane vê sua vida se entrelaçar à da outra garota e sente que precisa se apressar para descobrir a verdade ou corre o risco de ter o mesmo destino. Com um suspense de tirar o fôlego e um clima de tensão do início ao fim, JP Delaney constrói um thriller brilhante repleto de reviravoltas até a última página. Uma história de duplicidade, morte e mentiras. 


Jane Cavendish sofreu uma perde irreparável e viu sua vida que antes era estável ficar completamente abalada. Procurando uma casa para alugar ela encontra o que acha perfeito para um recomeço digno: a casa nº 1 da Folgate Street. Mas essa não é uma simples casa, é uma construção do arquiteto Edward Monkford, também proprietário do lugar.

Funciona da seguinte maneira: você precisa responder um questionário nada convencional para alugueis de imóveis que envolvem perguntas do gênero: 
Você se envolveu em um acidente de trânsito e sabe que a culpa foi sua. A outra motorista está confusa e acha que foi ela quem provocou o acidente. Você diz para a polícia que a culpa foi sua ou dela?❏ Culpa dela ❏ Culpa sua 
Se Edward te escolher para morar na casa você tem que aceitar várias e várias regras impostas pelo proprietário que variam de não poder ter animais de estimação até não poder nem decorar com portas retratos, tapetes e qualquer outra coisa os ambientes da casa.
“As pessoas gostam de falar sobre recomeços. Mas só se pode recomeçar quando se parte do zero. O resto está maculado com o que já aconteceu. Talvez esta seja sua chance de um recomeço”
Para Jane a nº 1 da Folgat Street é o lugar perfeito até que ela descobre que a antiga inquilina Emma Matthews faleceu na casa em condições trágicas. Agora, ela sente que precisa entender o que aconteceu com a antiga moradora para seu próprio bem.

Confesso que tive uma grande dificuldade de me envolver com os personagens principais, para mim é incabível Jane e Emma quererem morar em uma casa tão opressora e se encantarem por Edward Monkford, que é um homem um tanto quanto controlador e muito excêntrico ao ponto de ir lavar o ladrilho do banheiro depois de passar a noite com uma mulher.

“Naquela noite, enquanto estou tomando banho, as luzes se apagam de repente e a água esfria. Isso dura apenas alguns segundos, mas é tempo suficiente para que eu grite, assustada e com medo”
Mas mesmo assim a história conseguiu me prender. A história não enrola o leitor sempre apresentando informações interessantes tendo um ritmo agradável para um thriller. E ainda conta com dois artifícios que eu amo na leitura: capítulos com visões alternadas (no caso entre Emma e Jane) e capítulos curtos.

O final carrega suas revelações, mas no desenrolar da história você também é pego de surpresa por alguns acontecimentos e atitudes dos personagens, o que contou pontos para a trama.
Share on Google Plus

0 comentários:

Olá, compulsivo (a)!!!

Sinta-se à vontade e diga-nos o que achou deste post!