Clique em "Participar deste site" e fique por dentro de tudo o que rola no blog Sociedade dos Leitores Compulsivos!

Resenha: O adulto

Titulo: O Adulto
Autor: Gillian Flynn
Gênero: Suspense
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788580579451
Paginas: 64
Nota: 4

Sinopse:
Uma jovem ganha a vida praticando pequenas fraudes. Seu principal talento é a capacidade de dizer às pessoas exatamente o que elas querem ouvir, e sua mais recente ocupação consiste em se passar por vidente, oferecendo o serviço de leitura de aura para donas de casa ricas e tristes. Certo dia, ela atende Susan Burkes, que se mudou há pouco tempo para a cidade com o marido, o filho pequeno e o enteado adolescente. Experiente observadora do comportamento humano, a falsa sensitiva logo enxerga em Susan uma mulher desesperada por injetar um pouco de emoção em sua vida monótona e planeja tirar vantagem da situação. No entanto, quando visita a impressionante mansão dos Burke, que Susan acredita ser a causa de seus problemas, e se depara com acontecimentos aterrorizantes, a jovem se convence de que há algo tenebroso à espreita. Agora, ela precisa descobrir onde o mal se esconde, e como escapar dele. Se é que há alguma chance. Em seu estilo inconfundível que arrebatou milhares de fãs, Gillian Flynn traça surpreendentes e intrigantes perfis psicológicos dos personagens e tece uma narrativa repleta de suspense ao mesmo tempo em que brinca com elementos clássicos do sobrenatural.
O adulto, vencedor do Edgar Award de melhor conto de 2015, foi escrito por Gillian a pedido de George R. R. Martin e publicado pela primeira vez em uma antologia organizada pelo autor.


"Os escolhidos? Não o chamávamos de alvos, presas ou vítimas. Nós os chamávamos de Tony, porque meu pai se chamava Tony, e ele nunca conseguia dizer não a ninguém (embora eu suponha que tenha dito não à minha mãe pelo menos uma vez, quando ela pediu que ele ficasse)."

Olá sociedade!

Essa semana vamos de mais uma resenha de uma autora. rsrs

Hoje venho falar sobre um conto escrito pela Gillian, ou seja, um belo suspense.

O adulto é um conto de poucas páginas, mas que mostra como a Sra. Flynn tem um talento quando se trata de escrever suspenses de deixar a gente de queixo caído.

A protagonista do livro (Já informo que ela ficará sem nome até o final do livro) ganha a vida batendo punheta e atendendo como intuitiva (paranormal), tudo a ver uma profissão com a outra. :D
Em uma das sessões ela conhece Susan Burke e recebe a proposta de ir resolver o problema paranormal na casa dela. Susan é uma pessoa que parece atormentada e oferece uma boa quantia para ter seu problema solucionado.

"Susan Burke era diferente. Ela pareceu mais inteligente que a média no instante em que a vi. Entrei na sala em uma manhã chuvosa de abril, havia acabado de atender um cliente de punheta. [...] Depois despenteei meu cabelo para parecer mais intuitiva, ajeitei minha bata, enfiei o livro embaixo do braço e saí correndo para a sala principal. [...] Deixei cair o livro e demos uma cabeçada ao pegá-lo do chão. Decididamente não é o que você quer da sua paranormal: que ela pareça um dos Três Patetas."
Logo nós percebemos que a protagonista é uma picareta e que não vai deixar a oportunidade de levar uma grana rápida com um item fácil de ser atendido.
Como não tem poderes algum, ela resolve ir ao local para averiguar, pois o problema poderia ser de ordem estrutural e ser resolvido sem necessidade de paranormalidade. As vezes as pessoas estão tão focadas com a ideia de espíritos perturbados que não percebem que os barulhos ou "fenômenos" poderiam ser resolvidos com uma chave de fenda ou um martelo.

Mas passando alguns dias no local, a jovem percebe que subestimou o caso. Coisas estranhas começam acontecer e o leitor pode fazer várias suposições do que está acontecendo. A narração é em primeira pessoa e acredito que deixa mais emocionante as cenas de ação.


"-Eu espero que você vá embora e não volte mais. Para seu próprio bem. É um assunto de família. Não acha, mamãe? Depois subiu a escadaria dos fundos batendo os pesados sapatos de couro, inclinando-se bastante para a frente. Ele realmente se movia como se tivesse uma carapaça de inseto, reluzente e dura."

Um suspense para ser lido em uma sentada, até mesmo porque você não vai conseguir parar até descobrir que fim tudo teve. Posso dizer que o final me agradou, mas é um item que tem as opiniões divididas.

E ai compulsivos, alguém já leu este conto? Tem alguma informação extra? Compartilha comigo!


Beijinhos
Share on Google Plus

0 comentários:

Olá, compulsivo (a)!!!

Sinta-se à vontade e diga-nos o que achou deste post!