Clique em "Participar deste site" e fique por dentro de tudo o que rola no blog Sociedade dos Leitores Compulsivos!

Resenha: Fogo Cruzado

Por: Erica Oliveira

Título: Fogo Cruzado
Gênero: Romance policial
Autor: James Patterson
ISBN: 978 85 8041 318 2
Ano de publicação: 2012
Editora: Arqueiro

Sinopse:
Os sinos da igreja já estão tocando. Em meio aos preparativos para seu casamento com a detetive Bree Stone, Alex Cross é chamado pelo Departamento de Homicídios de Washington para resolver o assassinato de dois dos homens mais poderosos – e corruptos – da cidade. Quando o ardiloso homicida, um atirador de elite, age novamente, exterminando outros integrantes da alta-roda, as opiniões ficam divididas: será que ele é um herói ou apenas um justiceiro? Um criminoso com acesso a informações privilegiadas. A onda de mortes continua e o FBI designa o agente Max Siegel para o caso. Enquanto ele e Cross disputam quem será o responsável pela investigação, fica claro que o autor dos disparos sabe de detalhes da rotina das vítimas que só alguém que conhece o círculo íntimo delas poderia descobrir. Alex Cross no meio do fogo cruzado. Enquanto se divide entre o franco-atirador, a rivalidade com Siegel e os planos para o casamento, o detetive recebe um telefonema de seu maior inimigo, Kyle Craig. Ele escapou da penitenciár a de segurança máxima, para onde foi mandado por Cross, e não vai descansar até conseguir se vingar.



Nessa nova aventura da série, Alex Cross tem que lidar com seu inimigo de longa data Kyle Craig e uma dupla de atiradores de elite, que sabem detalhes das rotinas de suas vítimas, os políticos e personalidades corruptos da cidade de Washington. Como se não bastasse, existe o  atrito de Alex com o novo detetive Max Siegel e seu casamento já marcado com Bree Stone, que também é detetive. Além de sua habitual preocupação com o bem-estar de sua avó Nana e seus filhos, que encontram-se ameaçados com a fuga de Craig da prisão.

A leitura é fácil, com bastante diálogos e várias cenas de ação empolgantes que me fizeram prender a respiração. E existem até umas dicas de matemática deixadas por um misterioso assassino dos números pra tornar tudo mais interessante .





Share on Google Plus

0 comentários:

Olá, compulsivo (a)!!!

Sinta-se à vontade e diga-nos o que achou deste post!