Clique em "Participar deste site" e fique por dentro de tudo o que rola no blog Sociedade dos Leitores Compulsivos!

Resenha: Estrela da Manhã

Por: Thali Mafra

Título: Estrela da Manhã
Gênero: Suspense/Literatura Brasileira
ISBN: 9788578552626
Autor: André Vianco
Ano de publicação: 2015
Editora: Calíope

Sinopse: 
"Quando você chama a Escuridão, cuidado. Ela pode te ouvir!"
Rafael, um menino frágil e sensível, sofre a perseguição de um grupo de valentões na escola. Em casa, não encontra apoio da mãe relapsa nem do irmão mais velho. Perdido, tenta encontrar na internet, através da tela de seu smartphone, tutoriais de rituais para reencontrar seu pai morto. Ele acredita que somente algo vindo do além poderá ajudá-lo.
O menino é tão persistente que finalmente sua voz é ouvida do outro lado. No entanto, quem responde ao seu chamado não é o pai, mas uma entidade que promete protegê-lo de seus detratores durante sete dias. Rafael só quer ser protegido, por isso entrega à entidade a lista com os nomes dos que o aborrecem. Só quando a primeira pessoa de sua lista morre ele descobre que seu pesadelo está apenas começando.



Estrela da Manhã é o livro mais recente de André Vianco, autor nacional famoso por seus livros de vampiro que provou que é possível sim escrever terror de qualidade desse lado do trópico.



Foto por Thalinne Mafra
A história traz como personagem principal Rafael, um menino sensível de 11 anos que vem sendo perseguido na escola por um colega de classe. Filho de mãe rica, Maguila, o perseguidor de Rafael, tem suas travessuras sempre acobertadas na escola pela professora e pela diretora. Em casa, a mãe de Rafael sempre promete interceder para resolver o problema, mas ela é funcionária da mãe do Maguila e, por medo de perder o emprego, sempre deixa suas promessas morrerem em palavras. O irmão mais velho se omite completamente da vida de Rafael, não querendo ter nenhum conhecimento sobre os problemas do caçula. Desamparado, o menino resolve procurar ajuda no pai morto, e assim começa a pesquisar sobre ocultismo e rituais de invocação. Em um desses rituais, usando um tabuleiro ouija, ele recebe do além uma sequência estranha de letras. Ao pesquisar na internet, acaba sendo direcionado para o site Pé na Tumba, que promove a venda de fantasmas.
Empolgado, Rafael acredita ter encontrado finalmente a solução para os seus problemas. Era só escolher um dos fantasmas do site e sua aflição acabaria com um clique no smartphone.
Pesquisando dentre os fantasmas oferecidos, ele encontra o Estrela da Manhã, que promete "sete dias de proteção completa contra seus sete inimigos". O garoto então resolve se vingar não só do colega, como também de todos aqueles que foram omissos com a sua situação. Ele entrega para Estrela da Manhã os nomes de Maguila e da mãe, da professora, da diretora, da própria mãe e do irmão mais velho. Com o susto que Estrela da Manhã daria neles, Rafael tinha certeza, as coisas iriam mudar.


"Rafael clicou no último da lista e, assim que a fotografia e as primeiras palavras do seu portfólio surgiram na tela do smartphone, os olhos do menino brilharam. Era exatamente aquele tipo de fantasma que ele estava procurando. 'Estrela da Manhã', um fantasma guardião para todas as horas. Sete dias de proteção completa contra seus sete inimigos. A imagem de Estrela da Manhã era tão intimidadora quanto a de Belial. Estrela da Manhã também tinha chifres e possuía longas asas de morcego. Era um fantasma perfeito! Bastaria ele simplesmente aparecer para Maguila dizendo que era o seu protetor, o seu guardião e para nunca mais encostar um dedo nele que Maguila certamente teria um colapso mental e ficaria afastado da escola por um semestre, no mínimo." Pág. 34


Mas o primeiro susto da lista não sai exatamente como planejado, e é aí que Rafael percebe que o fantasma na verdade não era tão inofensivo quanto parecia. O menino então precisa lutar contra o tempo para reverter a ação do fantasma e impedir que mais tragédias aconteçam.
É um livro curto e com o texto bem fluído, ótimo para quem gosta de sentar com o livro e só levantar quando acaba. O André mantém o clima de suspense o tempo inteiro e, apesar de ter uma linguagem mais infanto-juvenil, o texto dá bastante medo em alguns momentos (eu mesma olhei torto para o meu smartphone várias vezes enquanto lia). O Rafael é um personagem realmente encantador e a sua necessidade de ser cuidado torna impossível não se cativar por ele. Quanto mais a história se desenrola, maior fica a expectativa de saber o que vai acontecer no final.



Autor André Vianco e resenhista Thalinne Mafra

Share on Google Plus

0 comentários:

Olá, compulsivo (a)!!!

Sinta-se à vontade e diga-nos o que achou deste post!